Quais as chances de Marconi não ser candidato a governador?

Pergunta também existiu em 2002 e 2010. E nas duas vezes, o tucano confirmou sua candidatura


Circula com certa força nos meios políticos a ideia de que Marconi Perillo (PSDB) pode não ser candidato à reeleição ao Palácio das Esmeraldas em outubro deste ano. Com rejeição alta em vários segmentos do Estado, especialmente em Goiânia e na região metropolitana da capital, há quem diga que Marconi irá esperar até os últimos dias de março para avaliar se será candidato à reeleição ou se desincompatibiliza para uma candidatura a senador ou deputado federal.

Não há dúvidas que a eleição deste ano é a mais difícil da trajetória política de Marconi, até por ser a primeira após as revelações de suas ligações com Carlos Cachoeira. Sem contar a fadiga de material: Marconi já está no terceiro mandato e seu grupo político está no poder há 16 anos, os mesmos 16 anos que o PMDB completou no executivo antes de perder a eleição de 1998. A julgar pelo histórico de Marconi, é pouco provável que ele desista da reeleição. Marconi gosta da adrenalina e do desafio.

Mais do que isso, o seu grupo político não tem outro nome que una todos os aliados. Marconi não preparou esse nome, por mais que ele próprio aponte para seu vice-governador, José Eliton (PP), como o "plano B". Uma coisa é ele apontar o nome do pepista, outra é o pepista de fato se viabilizar. E Marconi vê com bons olhos a oposição estar ainda indefinida. Uma reeleição que, em 2012, no auge da CPI do Cachoeira, era tida como "uma improbabilidade", hoje é, pelo menos, uma possibilidade.

O mistério criado em torno da candidatura ou não de Marconi só tem um beneficiado: o próprio governador. No fim de março ou início de abril, quando ele confirmar sua candidatura, terá criado um fato político, pois criou uma dúvida antes. Foi assim também em 2002 e 2010. Em 2010, anunciou a confirmação de sua candidatura exclusivamente pelo Twitter, para dar um ar de modernidade à sua candidatura, algo que faltava à sua postulação. Em 2014, a surpresa mesmo será apenas uma: se ele anunciar a desistência à reeleição.


*Comente este texto:
*Seu nome:
*E-mail (não será publicado):
Site (inclua o http://)
*Preencha a resposta:

* campos obrigatórios. Os comentários são mediados, portanto, aguarde a liberação.

Seja o primeiro a comentar! Use o formulário acima e participe!

 

Qual oposição é mais fraca?
A oposição à presidenta Dilma
A oposição ao governo Marconi
A oposição ao prefeito Paulo Garcia

 

Seu nome:

Seu email:


 



Licença Creative CommonsJornal X 2005 - 2011. Blog do jornalista Eduardo Horácio.
Compartilhe à vontade, mas mantenha os créditos e não altere os textos =D